WETHA

Monday, October 09, 2006

Atividades Praticadas no Ecoturismo

Segue abaixo algumas atividades que fazem parte do turismo ecológico:

Acampamento: Trata-se de um ou vários pernoites junto à natureza, geralmente em barracas. Realizado em pequenos grupos, em áreas preparadas ou não. Na maioria dos casos, o turista leva seu próprio equipamento;

Caminhada (trekking): Consiste na realização de caminhadas, em trilhas ou não, onde o turista carrega seu próprio equipamento em mochilas especiais. Própria para contemplar paisagens, cascatas, montanhas, praias, observação de fauna ou flora (...);

Cavalgada: Muito usada para conhecer lugares que só a cavalo é possivel chegar. Viajar a cavalo é um meio seguro de chegar a certos destinos, apreciando a paisagem local (...);

Ciclismo: uma forma de viajar sem poluir. Praticada, geralmente, por grupos pequenos em estradas asfaltadas (com baixo movimento), de chão batido ou em trilhas mais íngremes (mountain bike)(...);

Escalada: atividade de conquistar montanhas ou paredões de rocha com o uso de equipamentos especiais.(...);

Espeleoturismo (caving): Atividade que explora cavernas. (...) No Brasil, este tipo de atividade encontra um campo vasto e variado, pois o país possui um mundo subterrâneo riquíssimo;

Mergulho: Uma excelente forma de conhecer a fauna e a flora subaquática.(...);

Montanhismo:
Conjunto de atividades em regiões montanhosas, como caminhadas e acampamentos, sem o uso de equipamentos específicos;

Observação de animais:
è geralmente praticada por grupos que aperfeiçoam suas habilidades de localizar e identificar as diferentes espécies de animais nos respectivos habitats, observando seu comportamento e mantendo cuidadosos registros. (...);

Passeio de barco: Pode ser a motor, a remo ou a vela. O primeiro caso é mais usado como meio de transporte para chegar num determinado local. Já os barcos a remo ou a vela são próprios para observação e fotografia de fauna, pois tornam possível a aproximação silenciosa do turista. Por outro lado, o barco a motor pode ser uma excelente maneira de levar um maior número de pessoas para vislumbrar uma determinada paisagem causando um menos impacto ambiental, uma vê que essas pessoas não desembarcam;

Passeio de jipe: Diurno ou noturno, com o objetivo principal de observar a fauna e a flora locais. Entretanto, um grande número desses veículos ou apenas um motor desregulado poderá causar problemas sérios no ambiente;

Rafting (do inglês raft, que significa balsa): é a aventura de descer rios e corredeiras num bote de borracha;

Rapel: É uma técnica de descida de obstáculos, onde o usuário desliza controlado por um cabo;

Safári Fotográfico: É a saída com o objetivo de fotografar o ambiente. Geralmente um safári fotográfico está associado a uma caminhada ou acampamento, saída de barco ou mergulho. (...)”

Lembrando que essas modalidades esportivas só farão parte do ecoturismo se estiverem integradas ao meio ambiente. Caso contrario o enfoque da viagem será o turismo esportivo.

Sunday, September 17, 2006

Sites

INSTITUTO DE ECOTURISMO DO BRASIL. http://www.ecoturismo.org.br. set.2006. Informações (ieb.ieb@uol.com.br).

INSTITUTO ECOBRASIL : Ecoturismo & Turismo Sustentável. http://www.ecobrasil.org.br/index1.asp. set.2006

FIAT. http://www.fiat.com.br/br/afiat/fiatnews_1520.jsp. set.2006. Informações (0800 707 1000).

TERRA - CARRO ONLINE. http://carroonline.terra.com.br/serverpage_new/default.asp?tipo=1&cod=14&info=14435. set.2006


ANSARAH, Marilia Gomes dos Reis. Turismo Segmentação de Mercado. 1 e. São Paulo: Editora Futura, 1999.

Bibliografia Básica


LINDBERG, Kregl ; HAWKINS, Donald E. Ecoturismo Um guia para planejamento e gestão. 1 ed. São Paulo: Editora Senac, 1995.

Memorial inicial da pesquisa

Integrantes do Grupo:
Thalita Fernandes Parrado
Wemerson Walter da Silva


Tema Selecionado com Pergunta Básica (Recorte do Trabalho):
“Como tornar o ecoturismo mais acessível aos jovens da região metropolitana de São Paulo?”


Memorial inicial da pesquisa

- Divulgar o ecoturismo como algo saudável e educacional para as pessoas que vivem na região metropolitana de São Paulo.

- A tecnologia e o trabalho excessivo estão tornando as pessoas cada vez mais individualistas, de modo que elas acabam preferindo o mundo virtual ao contato com a natureza.

No início a intenção era divulgar o ecoturismo, mas com o avanço das pesquisas percebemos que o turismo sem conscientização pode prejudicar o meio ambiente. Segundo o livro (Ecoturismo - Um guia para planejamento e gestão) o turismo em massa pode ajudar o desenvolvimento da região e da população local, mas sabemos que devemos ter cuidado com essa divulgação, pois não são todos que estão dispostos a ter essa conscientização. Esse será um dos nossos desafios!
Outro ponto levantado, foi o desejo das pessoas que vivem na região metropolitana em consumir produtos que vendem a imagem de aventureiros apaixonados pela natureza (ex.: carros estilo off-road, mochilas, bicicletas, etc).
Alguns países têm investido bastante em ecoturismo, pois acreditam no seu potencial financeiro. Aqui no Brasil o investimento não é tão grande, mas aos poucos esse nicho de mercado esta sendo descoberto.
Pela pesquisa que fizemos até o momento podemos constatar que as pessoas gostam do conceito do ecoturismo, ou seja, desejam viajar e se aventurar. Nos próximos tópicos estudaremos mais sobre o comportamento e atitudes atuais dos jovens da região metropolitana de São Paulo.

O desejo de sentir próximo a natureza.


A alguns dias atrás fazendo o percurso diário, nós observamos um outdoor sobre os novos carros da Fiat, as variantes receberam o nome de Tryon Adventure, que contam com a parceira da marca Try on, uma marca conhecida no mundo dos esportes radicais.

Com isso. logo surgiu a questão...Um outdoor sobre um novo carro de "aventura" no meio da Radial Leste, 23 de Maio, Juscelino Kubitschek e Avenida Paulista, onde pessoas engravatadas, apressadas e preocupadas com o trabalho passam todos os dias ?

Fomos a procura das respostas nos sites das montadoras de automóveis e sites relacionados, e descobrimos que o modinha do carro "off-road" foi uma sacada da Fiat com o lançamento do Palio Adventure, que teve apenas algumas mudanças no visual e outras poucas na mecânica.

"a montadora teve o mérito de descobrir antes da concorrência que o consumidor brasileiro queria veículos com visual agressivo, que lembrasse um jipe."

"A grande questão, que já foi explorada à exaustão pela imprensa especializada em automóveis, é que esses veículos não tem nada que seja realmente fora de estrada. Não há recursos como uma tração 4x4 para enfrentar uma trilha de verdade, e os reforços estruturais aplicados podem não ser suficientes para suportar o uso contínuo em condições adversas. Em resumo, o consumidor paga por algo que vê, mas não existe de fato. É só imagem."

"a mentirinha oferecida por esses carros - que prometem aventura com seu visual, mas obviamente ficam só na promessa - esteja se tornando um pouco mais, digamos, sincera".

Então chegamos a conclusão de que uma parcela das pessoas da região metropolitana de São Paulo, não compram os carros para "enfiá-lo na lama" e sim para rodar na cidade, com espirito aventureiro, mostrar para os outros que ele é radical e jovem.

A comunicação explora muito essa necessidade (sonhos) que as pessoas têm de depois de uma semana corrida, tirar o sapato e enfiar o pê de azulejo na lama, e se sentir livre.

Bibliografia auxiliar e textos retirados:

http://carroonline.terra.com.br/serverpage_new/?tipo=1&cod=41&info=14681
http://carroonline.terra.com.br/serverpage_new/default.asp?tipo=1&cod=14&info=14435
http://www.fiat.com.br/br/afiat/fiatnews_1514.jsp
http://www.fiat.com.br/br/afiat/fiatnews_1520.jsp

Friday, September 15, 2006

Conscientização Ambiental e Ecoesporte

Um dos motivos pelo qual o ecoturismo nos interessou foi a oportunidade de divulgarmos o ecoesporte, que apesar de muitas pessoas o conhecerem, são poucas as que tem informações mais precisa de como pratica-lo, de onde encontrá-lo, enfim...Outra coisa que nos atraiu nesse tema foi a conscientização ambiental que acaba despertando nas pessoas e que pretendemos enfatizar nesse trabalho.
Como diz no livro, Ecoturismo – Um Guia para o planejamento de Gestão “Ecoturismo, em outras palavras, envolve tanto um sério compromisso com a natureza como responsabilidade social. Essa responsabilidade deve ser assumida também pelo viajante. A expressão viagem responsável, outra designação para ecoturismo, envolve objetivos semelhantes.” Além do Ecoturismo ser algo saudável, ele pode ser também educacional, pois as pessoas que o praticam acabam tendo uma conscientização ambiental e passam a se interessar mais pela causa.
Cachoeiras, trilhas, matas fechadas, cerrados, tudo faz parte do ecoesporte.Assim como o: rafting, canyoning, arborismo, bóia-cross, etc, esses acabam interessando mais os jovens de idades entre 20 e 30 anos. Isso porque a adrenalina que esses esportes proporcionam, é uma forma de descarregar o stress que vai se acumulando no dia-a-dia.

A Importancia Econômica do Ecoturismo

A nossa intenção, primeiramente, era fazer algo relacionado com praia, mas como não conseguimos encontrar um “recorte” adequado resolvemos partir para outros temas até que chegamos ao ECOTURISMO.
O ecoturismo está crescendo e dando um retorno financeiro cada vez melhor, por isso cada vez mais estão investindo nisso. No livro Ecoturismo – Um Guia para o Planejamento de Gestão “O interesse crescente pelo ecoturismo entre os governos dos países em desenvolvimento, os operadores comerciais, as organizações assistenciais e os conservacionistas dá a dimensão de seu enorme potencial econômico e conservacional. Os ecoturistas gastam bilhões de dólares todos os anos. Mas a importância do ecoturismo vai muito além desses números. Os ecoturistas gostam de utilizar os recursos e a mão-de-obra local. Isso se traduz em entrada de divisas do exterior, projetos adequados ao meio ambiente e engajamento dos moradores na industria de viagens”
Além do ecoturismo trazer dinheiro para o local em que é praticado, ele também emprega os moradores desses lugares. A divulgação do ecoturismo aliado a um projeto de conscientização ambiental, pode gerar uma boa renda para essas regiões e empregar cada vez mais trabalhadores.

Wednesday, September 13, 2006

Inciando a pesquisa...

Em primeiro lugar vamos em busca de definições sobre Ecoturismo.

No site da enciclopédia Wikipédia (http://pt.wikipedia.org/wiki) nos encontramos a seguinte definição superficial:

"O ecoturismo é uma forma de turismo voltada para a apreciação de ecossistemas em seu estado natural, com sua vida selvagem e sua população nativa intactos."

Já nos site Ambiente Brasil (http://www.ambientebrasil.com.br/) nos encontramos as seguintes citações:

" Segundo a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), o Ecoturismo é um segmento da atividade turística que utiliza de forma sustentável o patrimônio natural e cultural, incentiva sua conservação e busca a formação de uma consciência ambientalista através da interpretação do ambiente, promovendo o bem estar das populações envolvidas. "

" Para o Instituto de Ecoturismo do Brasil, ecoturismo “é a prática de turismo de lazer, esportivo ou educacional, em áreas naturais, que se utiliza de forma sustentável dos patrimônios natural e cultural, incentiva a sua conservação, promove a formação de consciência ambientalista e garante o bem estar das populações envolvidas. "

Agora vamos a cum recorte do livro (Ecoturismo Um guia para planejamento e gestão) onde eles dizem que em 1994 no Brasil houve uma reunião entre o Ministério da Indústria, Comércio e Turismo e o Ministério do Meio Ambiente e da Amazônia Legal, além da Embratur, Ibama, empresários e consultores, eles chegaram à seguinte conceituação sobre ecoturismoL "Ecoturismo é um segmento da atividade turística que utiliza, de forma sustentável, o patrimônio natural e cultural, incentiva sua conservação e busca a formação de uma consciência ambientalista atravês da interpretação do ambiente, promovendo o bem-estar das populações envolvidas.

Tuesday, September 12, 2006

Com uma discussão melhor da dupla, nos mudamos a forma de como a pergunta deve ser feita.

Passou a ser

Como tornar o ecoturismo mais acessível aos jovens da região metropolitana ?

Nos fizemos essa mudança porque muitas pessoas têm o interesse de conhecer melhor o ecoturismo, mas eles são sabem onde conseguir esse tipo de informação e locais onde são possíveis prática-los.

Monday, September 11, 2006

Objetivo

Blog criado para auxiliar na pesquisa do Trabalho de Graduação Interdisciplinar (TGI) do curso de Bacharelado em Design Gráfico.


Tema: Turismo (Geral)
Subtema: Ecoturismo
Recorte Inicial: Como os jovens das regiões metropolitanas podem ter maior contato com o Ecoturismo?
Orientador: Professor Fabrizio Poltronieri.